Próximo Workshop de Visã Natural brevemente. Fique atento(a)!

Nutrição e Saúde Visual

Os nossos olhos necessitam de vitaminas e minerais para o seu correcto funcionamento. Na etapa escolar há uma necessidade maior de nutrientes.

Qualquer deficiência na alimentação pode aumentar o risco de defeitos na visão.

Vitamina A
Mantém a transparência da córnea e aumenta a sensibilidade ocular.

Sempre se disse que a cenoura faz bem aos olhos e é a mais pura verdade. A cenoura é um dos vegetais mais ricos em vitamina A. Não há nada melhor do que ingerir cenouras para manter os olhos saudáveis.
É uma rica fonte de betacaroteno, substância anticancerígena e de vitamina K, essencial para coagulação do sangue e cicatrização. Uma cenoura média fornece praticamente a quantidade diária necessária de vitamina A.
Aproveite o alimento inteiro e coma também as suas folhas, que têm vitamina C e grande quantidade de Ferro.

Nota: Sabia que a cegueira nocturna (incapacidade de ver bem com pouca luz) está associada à carência de vitamina A?

Para uma boa visão

Os olhos necessitam de muita água natural ou filtrada para a sua protecção contra danos nas células causados pelos radicais livres, que podem causar glaucoma, degeneração macular, cataratas e síndrome do olho seco.

Tome 16 pequenos copos de água: um copo a cada meia hora é melhor do que beber um litro de água de uma só vez. Assim, os rins têm tempo suficiente para filtrar a água pelo sistema linfático e limpar as tóxinas dos tecidos delicados dos olhos.

Dietas ricas em peixe (sardinhas, cavalas e salmão) ricos em óleos Ómega 3 e Ómega 6; muita fruta fresca, nozes, sementes, feijões (experimente o feijão azuki) e recomenda-se ainda uma dieta com baixo nível de açúcar e sal.

Evite café, álcool e bebidas descafeinadas. As ervas Eufrásia, Arando e Ginko Biloba são excelentes para os olhos. Pode ser muito útil incluir também Vitamina C e complexo B.

A Vitamina B mantém os olhos sãos e fortes. (ervilhas, iogurte, ovos, peixe, etc.)

A Vitamina C mantém a transparência do cristalino e ajuda o metabolismo ocular (bróculos, laranja, tomate, ananás, etc.)


A Vitamina E mantém os músculos dos olhos em forma (gérmen de trigo, amêndoas, avelãs, sementes de girassol, etc.)

Cálcio
É necessário para relaxar os músculos oculares depois de cada contracção. O leite de cabra, por exemplo, e seus derivados, é altamente benéfico. O leite de soja traz diversos benefícios para a saúde do corpo.

A Vitamina D facilita a absorção do cálcio. É produzida pela pele depois de um banho solar. Também se encontra na gema de ovo e no peixe (cavala, atum, sardinha, etc.)


Magnésio
É necessário para assimilar a Vitamina C e o Cálcio. (cereais integrais, espinafres, tofu, cajus, amendoins, sementes de sésamo, etc.)

Ferro
Evita o cansaço ocular e facilita a oxigenação dos tecidos. A carência de ferro é um dos problemas mais comuns em todo o mundo. (espinafre, frutos secos, gema de ovo, camarões, atum, favas, grão-de-bico, feijão-vermelho, etc.)

Selénio
Evita o cansaço ocular e previne as cataratas (opacidade do cristalino). Boas fontes de selénio incluem: arroz integral, atum, pão integral, carne de aves, etc.)

Aumente o seu consumo de vegetais crus, frutos secos, fruta e cereais integrais. No geral, os alimentos não processados mantém muito melhor as vitaminas e minerais.


Fontes consultadas para este artigo:
- HARK, Lisa - "Saúde e nutrição". Porto: Dorling Kindersley,2005
- ALTO ASTRAL - "Plantas & alimentos medicinais". Lisboa: Alto Astral, 2009 - Ano I - nº 1
- SAÚDE ACTUAL - "Colectânea: agenda Natura". Portela: Saúde Actual, 2006

Sem comentários:

Enviar um comentário

Os comentários são moderados. Qualquer comentário inadequado será apagado.